top of page

Novidades

Novidades, eventos e notícias ligados à rotina do colégio. Siga nossas redes sociais pra saber de tudo em tempo real.

FÓRUM DE PROFISSÕES: CONVERSANDO SOBRE MEDICINA ROBÓTICA E HEAD DE INOVAÇÃO

Os alunos do Ensino Médio pensam em perspectivas possíveis para traçar o seu futuro profissional




A escolha de uma carreira pode ser um grande desafio para os jovens que estão concluindo o Ensino Médio e já planejam o futuro. Por isso, o CFC organizou mais um Fórum de Profissões, no auditório do Ecoprédio Rute Vitalino, com o objetivo de levar os alunos a refletirem, com informações e conhecimento, sobre os cursos de graduação, as universidades, as carreiras e a situação do mercado de trabalho atual. Dessa vez, a cirurgiã bariátrica Dra. Clarissa Guedes abordou o cotidiano da Medicina Robótica; e o engenheiro eletrônico Sérgio Cavalcante trouxe as perspectivas do fazer profissional no campo de Head de Inovação.


A estudante da 3ª série Lara de Araújo conta sobre a sua experiência ao participar do Fórum, “foi muito bom para conhecer outras áreas, as quais muitas vezes não foram as que estávamos pensando cursar e, assim, saber sobre áreas que não estamos acostumados a vivenciar. Na escola, vemos a parte teórica, mas no Fórum conseguimos observar a prática dessas vivências profissionais”. Desse modo, os estudantes aprenderam um pouco mais sobre o que fazem os profissionais nessas áreas, quais são os seus desafios profissionais e suas perspectivas para o mercado. Tudo isso, porém, com foco em metodologias ativas de aprendizagem e expansão de conhecimento de mundo.


Na medicina robótica, a Dra. Clarissa salientou a importância e a eficiência de uma cirurgia que utiliza tecnologia, “na cirurgia robótica, o médico responsável aprende a manusear essa tecnologia e, assim, o robô executa o procedimento que o médico mandar”. Pensando nisso, ela destaca as facilidades que os estudantes contemporâneos possuem no universo digital e tecnológico, sobretudo por já serem habituados a esse meio, e, portanto, caso optem por serem cirurgiões robóticos, esse não será um impasse.


Já o engenheiro, Sérgio, destacou a importância de ser criativo e inovador para o mercado em sua área de atuação, “inovação não é você tão somente inventar coisas, mas envolve inventar algo diferente, que as pessoas querem, necessitam, e que soluciona algum problema.”


O momento foi proporcionado pelas coordenações, juntamente com a equipe multidisciplinar da escola, para dispor aos alunos um momento de imersão no universo dessas áreas de atuação, dando oportunidade para os estudantes tirarem suas dúvidas e, ainda, aprofundarem seus conhecimentos na trajetória de escolha profissional.



bottom of page